RETALHOS DO VIVIDO – A UNIGRANRIO NO CONTEXTO DA CIDADE

O Núcleo de Memória e Documentação Institucional da UNIGRANRIO, desde sua implementação em meados de 2012, tem o objetivo de concretizar um espaço que acolha a representação de um lugar de memória, para a recuperação, organização e disponibilização da nossa história institucional.

Por meio das memórias e depoimentos dos profissionais mais antigos da instituição e do acesso a documentos iconográficos e textuais, teve início o processo de recuperação das informações mais significativas de nossa história, inserindo-a no contexto do município de Duque de Caxias.

Pretendemos que esta breve publicação seja uma mostra prévia do que recuperamos e ainda temos a recuperar, contribuindo assim para a (re)construção da história que permita à identidade da UNIGRANRIO ser constantemente atualizada e que os projetos da Universidade encontrem subsídios neste Núcleo.

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E ACESSE A PUBLICAÇÃO.

Extrair do esquecimento estas memórias é um meio eficaz para garantia de informação estratégica, fundamental à gestão, ao planejamento organizacional e às tomadas de decisões no âmbito institucional, além de possibilitar a geração de inovação e produção de conhecimento com fins de consolidação da identidade.

Ainda temos muito a realizar, pois as experiências vividas pelos instituidores, professores, funcionários, pesquisadores, alunos e ex-alunos são parte relevante da vida da instituição e estes breves recortes que seguem neste Retalhos do Vivido buscam recordar a cronologia histórica da criação da UNIGRANRIO e seus desdobramentos, além de serem instrumento para refletir sobre os aspectos diversificados do cotidiano da nossa instituição, integrando o vivido com a história da educação no município de Duque de Caxias e regiões onde a Universidade atua.

Profª. Ms. Tania Amaro

Núcleo de Memória e Documentação Institucional

NuMeDoc – UNIGRANRIO

 

 

Posted in NUMEDOC | Tagged , , | Leave a comment

Adolescente com transtorno global do desenvolvimento lança livro em festa literária de Santa Teresa

RIO – Uma história de aventura escrita por um adolescente que passa por peripércias ele próprio todos os dias. Essa é a história de “A viagem de Gustavo”, livro escrito por Miguel Prazeres Araujo, de 13 anos. O jovem, que tem transtorno global de desenvolvimento (TGD), lançará sua primeira obra neste domingo, às 11h, na Festa Literária de Santa Teresa (Flist).

A ideia de criar uma história com uma ilha misteriosa, bichos gigantes e até uma TV 5D, surgiu em uma aula de português, no Ceat, onde Miguel cursa o 6º ano do ensino fundamental.

- A proposta da professora Luciana Jablonski era trabalhar com livros de aventura. O Miguel leu “Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe, e, a partir daí, desenvolveu uma redação de forma inédita. Ficou muito entusiasmado com aventura. É história de um garoto narrada por um garoto – conta, orgulhosa, a designer Danielle Martins, mãe de Miguel. – Ele tem um tempo dele próprio para fazer as coisas desde novinho. Sempre tratamos isso com estimulação precoce.

Clique na imagem e leia mais sobre o assunto

Posted in NuPI | Leave a comment

Gisele no País da Inclusão

Sinopse

Gisele é uma menina muito curiosa. Sua curiosidade sempre lhe proporciona grandes aventuras. Desta vez não foi diferente. Gisele foi parar em um país especial! Nesse país o direito de todos é dever de cada um, mas isso tudo pode mudar… Embarque com Gisele e sua turma nessa aventura e veja o que acontece!

Clique na imagem e assista o video.

Posted in NuPI | Leave a comment

Encantadores de História

Através da música e dos movimentos, os mais diversos personagens do livro As mil e uma noites ganham forma para celebrar a continuidade da vida e o renascimento do maravilhoso.

Acesse o filme gratuitamente:

Posted in NuPI | Leave a comment

El Punto

Cline na imagem e assista o video

Posted in NuPI | Leave a comment

Menino com Síndrome de Down toca violino e fala 4 línguas

A história de um jovem de 16 anos está impressionando milhares de pessoas nas redes sociais no mundo inteiro. Trata-se de Emmanuel Joseph Bishop, um adolescente com Síndrome de Down que toca violino e fala 4 línguas: inglês, espanhol, francês e o latim. Educado na casa dos pais, que nunca duvidaram das suas capacidades físicas e cognitivas, Emmanuel aprendeu muito cedo a ler e descobriu a sonoridade do violino com apenas 6 anos. Lutando contra preconceitos e estigmas, o jovem mostra que não deve nada a muitos jovens da idade dele.

Para ler mais clique aqui !

Posted in NuPI | Leave a comment

Legandas no curta-metragem regando bigodes

A inserção do closed caption ajuda crianças alfabetizadas com deficiência auditiva não ficar de fora do entretenimento audiovisual. Para ativar a legenda verifique no canto direto do vídeo o símbolo CC (closed caption).

Clique na imagem e assista gratuitamente o video.

Posted in NuPI | Leave a comment

Carangas

A indicação, hoje, conta a história de um caranguejo destemido e valente que faz de tudo para proteger seu habitat e seus amigos que também moram lá.

Pode ser visto também na versão em libras (Língua Brasileira de Sinais) – para pessoas com deficiência auditiva: http://bit.ly/1rtQ1jo. E na versão em audiodescrição – para pessoas com deficiência visual: http://bit.ly/1rrCA1h.

Clique na imagem e saiba mais !

 

Posted in NuPI | Leave a comment

Jovem surda de SC cria tutoriais de maquiagem em Libras

Acesse o site e assista o video clicando na imagem.

 

 

 

Posted in NuPI | Leave a comment

“Dia Nacional da Lei da Libras – Por uma sociedade inclusiva!”

Em 24 de abril de 2002, foi sancionada a Lei 10.436, a partir de então, nesta data celebramos o Dia nacional da lei da libras.

Muito além das celebrações, essa Lei, figura como uma conquista para a comunidade surda em nosso país, pois reconhece a Língua Brasileira de Sinas – Libras, como meio legal de comunicação e expressão, assegurando assim, o uso e difusão desta, que é própria e natural da pessoa surda.

Leia mais sobre o assunto. Clique na imagem abaixo.

Posted in NuPI | Leave a comment